Limpando Gaveta

Já recebi alguns email, me perguntando o que quer dizer este nome "Limpando Gaveta" que eu coloco em alguns trabalhos. Não tem nada de subjetivo não, é limpar gaveta mesmo. Eu vou juntando retalhinhos pequenos de papel, por um determinado periodo, um belo dia decido usá-los jogo todos em cima da mesa, penso em algum desenho ou tema, na maioria das vezes o resultado e totalmente diferente, caprichos da colagem. Foi assim que surgiu esta senhora, que pelo jeito gosta muito de vermelho.

Reciclar



Os trabalhos em colagem, dependendo da qualidade do material que se use e de procedimentos delicados, pode também ser reciclado.É o caso desta pequena árvore. Ela estava guardada é meio antiga. Então com cuidado troquei os passarinhos, as folhas, dei a ela um toque mágico envolvendo-a com uma fieira de estrelas cintilantes e como em todo ambiente mágico envolve o perigo, coloquei um predador a espreita. E lá se foi a pequena árvore dá um toque mágico na minha cozinha.


Antes: http://www.flickr.com/photos/cininha/3304906472/

Superstição



Quando um Ano novo começa, as pessoas supersticiosas praticam diversos rituais. Pulam ondas, comem uva e guardam as sementes na carteira, se vestem de branco, só colocam o pé esquerdo no chão só depois da meia noite, comem lentilhas, jogam flores no mar além da queima de fogos.

A queima de fogos indiscriminada, porém é muito ruim. Na cidade de Santos onde passei a virada do ano, se queimou morteiro até às quatro horas da manhã. Não vejo necessidade de se comemorar desta maneira, é um verdadeiro abuso. Durante a madrugada a cada morteiro que explodia, se ouvia o grito assustados dos passaros na praia. Nós não estamos sozinhos na Terra, somos um sistema e temos que pensar nos outros seres que habitam este espaço.

Mas há superstições que até são divertida, como no primeiro dia do ano levar para casa uma coruja verde, e um elefante amarelo, de cerâmica, claro!