Tem uma coruja na minha sala


Embora  more em um prédio de apartamento em São Paulo, me sinto privilegiada pois é um lugar que tem muito verde e por conseqüência muitos passarinhos. Divido meu espaço com Maitacas, Bem te vis, sábias e gaviões, que vejo frequentemente da janela da  minha sala, atravessando o céu com seus gritos de alertas.
 Dentro de casa porém a partir desta semana mora esta coruja super colorida, que fiz em um prato de madeira.
A colagem tem estas possibilidades, de contar pequenas histórias em uma folha de papel, de enfeitar uma caixa ou uma sacola de presentes, de decorar a mesa de aniversário, ou porta de maternidade, de fazer um quadrinho com carinho para uma grande amiga, de arrumar buracos em uma cúpula de abajur, de fazer imãs incríveis para 
geladeira... etc, etc, etc.
Basta para isso papel, tesoura, cola, olhos de menina (o) e constância. 

Tem Marias...


Esta Maria, era famosa, talentosa, bonita e cantava bem suas músicas, mesmo assim a vida era muito pesada para ela. Em busca da leveza se transformou em uma bela borboleta  e bateu asas para longe.

Maria amor perfeito


Está à procura de um amor perfeito. Alguém que diga bom dia com um sorriso, que escute com atenção suas histórias, que goste de rir, de assistir filmes, que deixe de vez em quando uma rosa em seu travesseiro e que faça caminhos de flores para quando ela chegar.
Por enquanto, desenha nas paredes corações vermelhos. Tem sempre junto de si uma almofada com formato de coração, tem caderno com coração na capa, pijama com coração, sapato com coração e sua flor preferida é o Amor Perfeito.
Tudo isso para não perder a esperança.

Com asas

Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam.
Clarice Lispector