NovaExposição Coletiva


Por ela um país se veste de verde amarelo e torce para que ela seja abraçada por uma rede. Quando aparece no céu pintada de  prateado os corações românticos suspiram! Quando sua cor é dourada, damos graças  por  mais um dia...

Platão a descreveu como símbolo da psique. Quem nunca cutucou um pequeno Tatu Bola, para que nela se transformasse? Na Psicologia  simboliza o Self, incluindo o relacionamento entre homem e natureza.

Estou me referindo à esfera, que de formas distintas está sempre presente na nossa vida. Símbolo da totalidade, a esfera equivale ao infinito. É igual a si mesma, com os atributos de homogeneidade e unicidade.
É este magnifico suporte a esfera ou se preferirem a bola que  escolhi para contar histórias. As minhas, os eternos contos de fadas, ou histórias que leio em livros, ou que me foram contadas...

Se as esferas são símbolo do infinito as histórias são eternas. Ambas são  tão intimas que a melhor maneira de se ouvir histórias e se sentar em circulo, como faziam os nossos ancestrais quando ouviam histórias em volta de uma fogueira. Assim, diz a lenda, em circulo ouviam as histórias e ali  presa por aquele circulo, as histórias se transformavam em grandes bolas e alcançavam os céus. Foi assim que os anjos se tornaram contadores de histórias e as noites dividem estas  com os humanos através dos sonhos...

Convido a todos vocês para está linda exposição. É uma exposição coletiva, estarei presente  com três trabalhos. Por lá, no meio daquelas bolas, “daqueles mundos”, criamos a possibilidade de conceber o desenho de uma história significativa para cada um de nós.


MARIACININHA


Galeria Entre Cores - Rua Lima barros, 52 Jardim Paulista 19.30H
Galeria de Arte da Casa de Portugal - Av. Liberdade 602 Centro S. Paulo 19,30H