" É tão bom morrer de amor - e continuar vivendo". Mario Quintana

                                       
  

Nenhum comentário: