Maria Perguntadeira 1


E essa criatividade acesa, de onde vem? 
Da necessidade de um fator de unidade
De ter um centro de força interior
Curar
Consolar

Transformar
Sensibilizar,
e do seguir em frente...

Ponto, linha reta e curva



Com licença de Vassily Kandinsky

Maria, acha impossível olhar para uma obra de Kandinsky sem ter vontade de dançar, ou de acompanhar com movimento do corpo seu emaranhado de linhas e pontos. Ponto, reta, curva e o colorido conduzem quase que pela mão.
O ponto, como sabemos é o início de tudo, a origem. É impositivo e ponto final!
A reta, ah, essa sujeita é muito autoritária. Mas, nem de longe pod...emos negar que é muito decidida, determinada e gosta de dividir o lado de cá e o lado de lá. Responsável pela esquerda e direita, rsrsrs
A curva, ninguém segura! Quando pensamos que ela está aqui ela está ali, assanhada, elástica, brincalhona, mas esperta. Contorna obstáculo, sai vitoriosa e está sempre sorrindo!
O colorido, como dizia o próprio pintor, é o meio de fazer vibrar a alma.
Não há, como não se perder por uma obra de Kandinsk, entre leituras, movimentos do corpo, musicalidade e curiosidade. 
Se perca em uma obra de Kandinsky, Maria já se perdeu. Olha ela lá!