Pular para o conteúdo principal


É dela a mais refrescante sombra.

É dela o tapete colorido que se estende sobre a calçada suja.

É ela que enfeita meu cabelo com delicadas flores, só porque passei por perto.

É nela que amarrei minha primeira balança, e acreditei alcançar as estrelas.

É embaixo dela o lugar mais aconchegante para fazer picnic

É no seu tronco, que fica eternizado certas histórias de amor.

É para seu colo que foge os gatinhos quando se sentem assustados e sem proteção.

É nela que moram centenas de passarinhos.

É ela que oferece aulas de renovação, quando no outono joga no chão as suas folhas e espera paciente as novas que viram.

É dela o fruto que faz o suco e torna mais doce a nossas manhãs.

É ela que perde a vida só porque alguém quer uma cadeira nova.

É ela que enfeita jardins, praças, portarias de prédios, quintais. E na maioria das vezes, passa um dia inteiro sem receber um olhar ou um elogio.

É ela que serve de exemplo quando a professora ensina aos pequeninos o que é forma, textura e cor.



Por todos estes motivos e por muitos outros já conhecidos, que ela, a árvore, deveria ser cuidada como uma grande e querida amiga esteja em que lugar estiver, no nosso quintal, nas calçadas, nas praças em frente a nossa casa. Infelizmente na cidade de São Paulo, a grande maioria das árvores são negligenciada, desprezadas e muitas vezes torturadas.

Durante dois meses lutei em órgãos públicos para salvar uma árvore adulta que esta na calçada de uma rua da Vila Mariana, cujo morador resolveu cimentar o canteiro de terra reservado a ela. Hoje finalmente a PMSP devolveu o canteiro de terra a árvore, que é um lindo Ipê, retirando aquela capa de concreto que cobria o seu espaço.

Obrigado a todos que me ajudaram: A Policia Ambiental do Estado de SP, ao vereador Roberto Tripoli e a Regional da Vila Mariana.

Comentários

Anna B. disse…
Bella dedica ad un amico speciale. Un abbraccio a te e al tuo albero!
Ernesto y Felisa disse…
muito bonita a fada protectora das arbores,..., necesitan moito dela.

un saudo agarimoso.
Felisa
SONIA DE SA disse…
MARIACININHA,
LINDA ATITUDE!
Bjs
SONIA DE SÁ
http://quartosdebebebysoniadesa.
blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Muito Bom DIa