Pular para o conteúdo principal

Flores nos cabelos

Na primavera minha mãe usava gardênias no cabelo. Quando vinha ao nosso quarto para nos dar um beijo de boa-noite, a flor refulgia como uma jóia branca roubada da estufa de um rei.

Ver  uma mulher levantar os braços e colocar uma flor nos cachos de seu cabelo ainda é  para mim um gesto de indiscritivel beleza.


Este pequeno texto é do livro "O príncipe das marés" do autor Pat Conroy

Comentários

céline disse…
I like it and I love her dress ;-)
KINHA disse…
Olá Maria Cininha

Duas pérolas maravilhosas, seu trabalho e o texto de Conroy. LINDOS!!!
Estou aguardando o seu envio.

Bjoooooooooooooo.............

http://amigadamoda.blogspot.com
Flores atrás da orelha tb...lindoooo..aiaiai..de uma beleza ímpar..beijos nostálgicos.
rossichka disse…
How stylish! A nice quotation... The translator helped me to understand!
jeito simples disse…
Boa tarde Fada!
Fico aqui imaginando o gesto de sua Mãe...que lembrança linda e doce.
Como nossa alma agradeçe as doces recordações!
Bjo.
Elayne disse…
Mariacininha,
Parabéns, seu trabalho é encantador!
Kélcia disse…
Me encantei com seu trabalho.Adoro colagens e sempre incentivo meus alunos a fazerem a suas. Parabéns!
Te add aos meus favoritos.
beijos
antòniu disse…
Um texto muito lindo... eu lembro com grande força, quando minha mae ao meu quarto para me dar o beijo de boa-noite (quizais, eu, com poucos meses de idade).
Gosto moito dos seus originais trabalhos. Parabéns
Clara disse…
adoro flores no cabelo! Mas preciso dizer, adorei o modelito da moça de papel. =)

Beijoss
Deia Godoy disse…
quanta delicadeza de palavras e de imagem... Lindo !
Bjks da Déia
Mayana Bonilha disse…
Que trabalho lindo, estou encantada com tamanha delicadeza...

Quero colocar lá no meu blog, topa ???

beijinhus, Mayana

baonilha.blogspot.com
Parabéns pelo trabalho e bom gosto na escolha dos textos!
Mariacininha disse…
Adorei os comentários. Obrigado a todos.
nidia disse…
assolutamente delizioso! :-)

Postagens mais visitadas deste blog

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Muito Bom DIa