Pular para o conteúdo principal

Com licença de Gustav Klimt

 Baseado na obra A Espera de 1905 a 1909, Gustav Klimt.

Comentários

jeito simples disse…
Tudo que é belo pode ficar mais ainda. nada como ter uma "varinha" mágica!
Adoro tudo de Gustav Klimt e adoro tudo que vc faz....beijos amigos e tietes.
deise CRAFTS... disse…
Amo Gustav Klint!
E amo seu trabalho... você me surpreende sempre!!! São tantas coisas lindas!
Obrigada por seu comentário tão lindo... alegrou tanto meu dia!!!!
Beijos!
Francy´s Oliva disse…
Ai...que linda , não vejo a hora de ver a sua exposição na biblioteca,rs.

Beijos um abraço.
Betty Gaeta disse…
Oi Cininha,
Lá vou eu de novo! Qual o tenhao e o preço desta coisa linda?
Mande os dados e o orçamento para o meu e-mail:
bloggostodisto@gmail.com
Amei!!!
Beijos 1000 e um ótimo restinho de semana para vc.

www.gosto-disto.com
Eliete disse…
Linda obra, uma arte belíssíma que torna a vida mais bela ainda.bjs
Jô Bibas disse…
Que lindo! Sou apaixonada por Klimt! Dá uma olhada nesse post onde mostro o artesanato que fizemos baseado nele: http://arteamiga.wordpress.com/2010/08/29/klimt/
Teu blog é uma graça!
Vem da Terra disse…
Seus olhos de menina te mostram coisas que fazem do seu imaginário um mundo muito rico. Sua criatividade é admirável.
Beijo!
Marilsa
Amo Klimt! vc se superou nesse trabalho. Como vc chegou tão perto no plano de fundo desse projeto? Voce desenhou a mão? ou é um papel parecido? e os triângulos também...mamma mia! que perfeição! vc deveria colocar o original para todos poderem ver a sua arte esplêndida!!!!

Um beijo admirado!
Liz
I love the way you have interpreted Klimt's work.
The colors are entirely your own.
Olá, Meu nome é Adriana, é um prazer conhecer seu blog; sou poeta, escritora, e Gostaria de lhe convidar a conhecer o meu espaço; todo mês você terá uma chance de ganhar livros sorteados entre os seguidores do meu blog. Esta é uma iniciativa privada para incentivar os novos autores que são considerados anônimos no mercado literário; para participar, siga o blog e deixe um comentário -"quero participar da promoção dos novos autores!" Nossos grandes incentivadores são vocês!
Um abraço e parabéns pelo texto e pelo blog!
Adriana
adrianavargas.ocadv@hotmail.com
seguindo-te!
Regina disse…
Estou pensando q no outono vou começar a "colagear" de novo. Acho que seria uma boa idéia recomeçar criando baseado em obras que admiro. Sei lá... vamos ver o q acontece.
Olá minha linda!
Obrigada pelo carinho que em abrigou por entre letras carinhosas! Lá no blog, somos em seis, eu, a Dri, uma poetisa a seu dispor.
Passando para desejar a você, um domingo perfeito, um beijo nas mãos do seu pai, e dos paizinhos que existirem em sua vida, bem como se assim o for; paz e muita harmonia para você!
Feliz dias dos pais!
Adriana

Postagens mais visitadas deste blog

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Muito Bom DIa