Pular para o conteúdo principal

As nuvens


Ás vezes, até pensa, mas sem dizer a ninguém, que o cérebro dos homens tem a forma das nuvens, e assim as nuvens são como a sede do pensamento do céu; ou então que o cérebro é essa nuvem no homem que o liga ao céu.
(trecho do livro  A teoria das Nuvens de Stephane Audeguy)

Comentários

rossichka disse…
Wonderful idea and so whimsical papercuts! I would never guess who's in fact behind the clouds...:)))))
✿ chica disse…
Muito lindo!Sempre assim!!! beijos,chica
Betty Gaeta disse…
Oi Cininha,
Lindas nuvens e um lindo texto.
Obrigada pela dica do Franz Krajcberg. Não conhecia, mas já dei uma primeira pesquisada aqui na net e adorei a obra dele.
Beijos 1000 e uma semana maravilhosa para vc.

SORTEIO “Chá do Chapeleiro Maluco”
http://www.gosto-disto.com/2012/04/sorteio-cha-do-chapeleiro-maluco.html
Monica disse…
Ohhh! Bellissime queste due signore un po' "cupe"... fa parte della vita :-)
Monica
Anna B. disse…
Anche con pochi colori si creano immagini magiche!
ANDRÉA disse…
Oi Flor, vim conhecer o seu cantinho e adorei!!!!
Já vou ficar por aqui tá?
Amei as imagens e os textos.

Um beijo no seu coração
Andrea
Unknown disse…
Este comentário foi removido pelo autor.

Postagens mais visitadas deste blog

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Muito Bom DIa