Pular para o conteúdo principal

Amo as árvores e não tenho preguiça de varrer folhas.



É ela que joga uma florzinha  no meu cabelo só porque passei por perto
É nela que amarrei o meu primeiro balanço, e acreditei alcançar as estrelas.
É em sua sombra, o lugar mais aconchegante para ler um livro.
É  em seu tronco, que fica eternizada certas histórias de amor.
É para seu colo que foge os gatinhos, quando se sentem assustados e sem proteção.
É nela que moram centenas de passarinhos.
É ela que nos dá aula de renovação, quando no outono joga todas as suas folhas no chão e espera paciente as novas folhas que firam.
É dela o fruto que faz o suco  e torna mais doce a nossas manhãs.
É ela que perde a vida só porque alguém quer uma cadeira nova.
É ela que enfeita jardins, praças, portarias de prédios, quintais. Na maioria das vezes passa um dia inteiro sem receber um olhar.
É dela uma das primeiras formas que os pequeninos desenham no papel.
É nela que os antigos diziam que moravam os deuses.
É ela que purifica o ar que respiramos.


Comentários

Lu Cavichioli disse…
Olá Maria Cininha, boa tarde!

Tenho acompanhado seu trabalho nos eventos e projetos das amigas Lu Guedes e Francys Oliva e devo dizer que são todos cheios de muita graça e delicadeza.

Um dia, quem sabe, possamos nos conhecer nestes eventos.

Qdo puder faça-me uma visita, será um prazer vê-la em meus blogs.

abraços da Lu
:)
Tina Bau Couto disse…
Que lindo!
Adorei cada palavrinha e adorei tê-las lá em meu cantinho :)
Boa primavera moça fada borboleta flor \o/
Regina disse…
Bom dia!

Tantas novidades por aqui (adorei ver sua versão Modigliani), mas eu vou ter q voltar para ver + detalhadamente tudo q você publicou e eu ainda não vi.
Muito obrigada minha querida por sua presença mesmo qdo eu andava tão ausente.
Me lembrei de sua arte qdo li um livro do artista plástico americano Brian Andreas. Há tempos conheço seu trabalho mas só agora comprei um livrinho e um cartão, mas eu ainda vou comprar uma escultura, um dia. E vou ficar orgulhosa de ter obras originais de 2 artistas q eu admiro e curto muito.
Beijos, e muito carinho :)

Postagens mais visitadas deste blog

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

Muito Bom DIa