Pular para o conteúdo principal

Com licença de Amadeo Modigliani

Colagem baseada na obra "A mulher do artista" de 1918

Estudiosos em artes plásticas dizem que a obra de Modigliani não se enquadra em nenhuma escola ou movimento artístico da época. Sua obra tem um estilo único, embora apresente algumas características do Expressionismo como a deformação, fundamentalmente no pescoço. Gostava de pintar mulheres, valorizou as cores como vermelho e o amarelo, e buscou mostrar alguns sentimentos humanos como tristeza e melancolia. Em alguma de suas pinturas, os olhos aparecem só marcados com tinta branca, dizem que ele só pintava os olhos de alguém se conseguisse  conhecer sua alma .
Teve uma vida breve. Boêmio, doente e viciado em drogas, morreu com 37 anos (1884 -1920). Parisot seu biografo, diz que vida de Modigliani  tem muitas lacunas e  mesmos os seus amigos mais íntimos não conheciam as suas verdadeiras intenções e desejos mais secretos. Assim se criou uma lenda. Seu grande amor Jeanne Hérbuterne,  gravida de 6 meses, suicida-se 2 dias depois morte do pintor.
Quando vejo um quadro de Modigliani há uma suspenção da  realidade, rendo-me a este feiticeiro da arte.

Comentários

Rosane Castilhos disse…
LINDA, ADORÁVEL.........!!!!!
EU AMEI DE PAIXÃO...!!!!!
BEIJO
Majoli disse…
Olá, chegando por indicação da Tina e dei uma olhada nas Marias Primaveras, achei de um colorido lindo por demais.

Respondendo a pergunta na Maria Primavera 4, minha primavera combina com esperança de que junto às flores minha vida seja cheia de cores e amores.

Parabéns por esse lugar tão gostoso.

Meu carinho.
Lu Guedes disse…
Minha cara, eu adoro suas licenças deliciosamente poéticas. As cores, os desenhos - as figuras. É uma interpretação deliciosa. Gostei também da pequena descrição do artita - uma pincelada perfeita.
bacio

Ps. Já estou a esperar pelas próximas.
rossichka disse…
Extraordinary nice - Modigliani would like it!:)))
Betty Gaeta disse…
Que lindo!!! Parabéns! Vc se superou. Amei, amei, amei!
xoxo

Gosto disto!
Majoli disse…
Brigadinha pelo carinho lá no Rabiscos, amei!

Beijos.
Myrian disse…
Cininha,
Sua "releitura" de Modigliani ficou à altura dos trabalhos do mesmo.
Quando estive em S.Paulo, em julho, estive na exposição no MASP, onde vida e obras do artista me impressionaram bastante.
Beijo carinhoso.
OLÁ !!!
VENHO POR MEIO DESTA LHE CONVIDAR A CONHECER MINHA PAGINA , http://brechodosul.blogspot.com.br, SERÁ UMA HONRA TER VOCÊ COMO SEGUIDORA E LINKARMOS SE VOCÊ QUISER , ESTA DE PARABÉNS LINDA PAGINA , DESCULPA A LETRA GRANDE MAIS SOU DEFICIENTE OK!!
SE QUISER VOTAR NO G+1 E NO TOP BLOG 2012 NO MEU BLOG AGRADEÇO . QUERENDO COMPRAR ALGO ME ESCREVA SERÁ UM ENORME PRAZER EM ATENDE-LA.OLHA JÁ ESTOU TE SEGUINDO PODERIA ME SEGUIR TAMBÉM E VOTAR NO TOP BLOG FICO GRATA .
SENDO QUE SENDO TEM DESCONTOS , FRETES, BRINDES , ETC... SEJA SEGUIDORA , CONTO COM VOCÊ E JÁ ESTA SENDO SEGUIDA POR MIM .

OBRIGADA

MARCIA REGINA –email – admin@homesoft.com.br
Unknown disse…
Ameiiiiii!Lindo. Um abençoado e colorido final de semana para voce Maria Cininha.Bjs.Célia.
Oi Cininha, tudo bom?

Vim agradecer a visita ao blog.

Tuas Marias são tão lindas quanto a primavera!

Faz um tempo vi o filme sobre Modigliani, tua releitura da obra dele ficou muito legal!


Beijos e uma ótima semana a vc.


Audeni
Kélcia disse…
Maravilhoso!Que mãos lindas!Esse trabalho é mágico!Como faço para ver de perto seus trabalhos?Terá exposição?
Katia Bonfadini disse…
Adoro as obras de Modigliani, principalmente os olhos das mulheres retratadas! Eles me cham muita atenção, são únicos e especiais! Linda homenagem! Bjs!

Postagens mais visitadas deste blog

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Muito Bom DIa