Pular para o conteúdo principal

Maria Ideuda


Maria Ideuda

Maria Ideuda é um ser repleto de criatividade e mantem em sua casa uma criação de ideias. Sei que vocês vão questionar: Criação de ideias? Sim alguns gostam de criar cachorros, outros galinhas ou gatos, ela não. Ela cria ideias. Ideias em forma de borboletas.

Mas não pense que a vida de Maria Ideuda é fácil. Ela tem um trabalho danado para cuidar das ideias. Elas são voluntariosas, e algumas chegam a pretensão de  querer mudar o mundo. Outras, mais modestas, só querem mudar a vida de um ou outro, ou de um lugar. Há ainda as ideias atrevidas, transgressoras e valentes; as más ideias, aquelas que a gente se arrepende para o resto da vida, e as ideias relâmpagos que surgem e desaparecem em segundos. Há também as ideias irreverentes,  que aparecem a qualquer hora com qualquer tempo, e que se intrometem em assuntos que não são chamadas.

De vez em quando Maria Ideuda anda pela cidade e percebe que tem muita gente  apática e desanimada precisando de ideias novas, então junta em uma bolsinha um punhado de ideias em forma de borboletas e discretamente solta pela cidade. Entretanto ela sabe que as ideias  são caprichosas, leves, volúveis e displicentes e precisam de muita motivação para morar na alma ou no coração de alguém.
Muitas vezes são invisíveis,  breves, tocam de leve o ombro das pessoas e vão ficando, sem serem percebidas. Depois, se alojam na cabeça do sujeito, que de repente sente uma coceira na orelha; depois se sente um pouco incomodado e, de repente, tem algo diferente se intrometendo em seus pensamentos; surge, então, uma luz na cabeça, e lá está ela, a ideia! 

Porém quando são deixadas de lado ou esquecidas, as ideias, que na maioria das vezes são coloridas, perdem a cor, e em seu lugar fica a semente do ressentimento.  Entretanto o que alegra o coração desta Maria é saber que quando, uma ideia é forte ela rapidinho encontra morada no de alguém coração e acaba se transformando em um grande sonho.

Comentários

✿ chica disse…
Adorei essa Maria Ideiuda, temperamento forte e sabe o que quer, sem perder a capacidade de sonhar. LINDA! beijos,ótimo fim de semana!chica
☆Lu Cavichioli disse…
OI Cininha,

Essa Maria é super especialíssima hein? E tem grande responsa! rs... Linda ela e toda dengosa também.

Seus textos são luminosos, eu amo ler e me faz sempre tão bem!

bj pra ti querida e pra essa Maria "fazedora" de sonhos.

tenha um ótimo fim de semana.

LU C.
jeito simples disse…
Pura imaginação de Fada.
Texto maravilhoso e sem palavras para a Maria.
;)
Anônimo disse…
Your art ALWAYS makes me happy.

Bohemiannie
Myrian disse…
Cininha,
a sua criatividade me encanta...
Texto e arte de uma pessoa muito sensível!
Um bom final de semana.
Beijos.
Ana Paula disse…
Maria Ideuda tem um lindo dom transformado em trabalho. E que trabalheira ela tem, hein?! Criação de ideias em forma de borboletas.
Sabe, que noite dessas fui num sarau onde cantaram uma música com o refrão assim: borboletar, borboletar... Acho que a ideia saiu da bolsa da Maria Ideuda. A música era linda como ela.
Beijo

Postagens mais visitadas deste blog

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

Muito Bom DIa