Pular para o conteúdo principal

Maria Frustração




Maria Frustração

Queria sol, veio chuva.
Arrumou o cabelo, o vento desmanchou.
Colocou salto alto, o salto quebrou na calçada.
Foi ver a banda passar, a banda não passou.
Esperava amizade, recebeu traição.
Ficou na janela para ver seu amor passar, ele desviou o caminho.
Uma jaca que deveria estar na árvore, acertou o para-brisa do seu carro.
Maria voltou para casa despenteada, mancando e arrastando seu coração despedaçado.
Porém ela sabe que tem dia que é lagarta  mas também tem dia que é borboleta, e talvez amanhã seja um dia borboleta  e deve ser melhor, por qualquer outro motivo.

Comentários

Ana Paula disse…
A frustração faz parte da vida, mas Maria sabe que um dia assim, passa logo.
E logo volta o sorriso, volta a borboleta!
Beijo e um abraço pelo dia da Mulher!
Mariacininha disse…
Ah os dias borboletas voltam sempre. Que bom! Feliz Dia das Mulheres para você também.
Mariacininha disse…
Comentário que eu amei no Flickr e quero guardar aqui:

a glimpse of joy disse:
Well done! So sad though... :( The characters emotions come through so clearly in your artwork!
Nice work.

freezeframe03 (2 dias atrás | resposta | excluir)
Oh, so sad. With just some very basic details, you've created such a strong expression of her sadness over her broken heart. Well done!
Margarete Aguiar disse…
Mariacininha, o comentário do Flicker diz bem. Com poucas intervenções,você transforma a expressão, seja de emoção, de tristeza, de alegria e a gente capta facilmente. Incrível essa sua capacidade. Um grande abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

Muito Bom DIa