Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Na minha pele o crepúsculo a crepitar

..as cores no céu a fingir o azul, o vermelho e o laranja. O vento a dizer folhas e eu a lembrar do tempo em que corria pelos quintais apenas para pegá-las em minhas mãos - detendo-as - para um desejo realizar... Eram outros tempos - outros meses - nada disso cabe em abril... esse mês que aos poucos escorre pra fora do calendário.
Se dei por ele? Não sei - há o que se lembrar certamente -, mas ainda não posso dizer o que é memória aqui dentro de mim... talvez quando maio chegar com suas trovoadas, porque maio segue sendo pra mim o tempo dos ruídos dentro do azul, com suas trovoadas estridentes...  maio não começa nem antes ou depois, acontece quando a primeira trovoada se faz ouvir... E algo me diz que esse ano, as trovoadas, irão se demorar junto aos céus... e abril continuará a existir dentro dos dias que não lhe pertence!
O silêncio trouxe dias frios nos últimos dias. Trouxe também as sonoridades erradas. Tumultos e tempestades humanas - inquietudes - o silêncio foi varrido para l…