Pular para o conteúdo principal


Elas foram chegando na minha vida devagar. Imprecisas, inseguras,imaturas... aos poucos foram tomando forma, assumindo gosto e desgostos, criando estilo. Preferem olhar com o cantinho dos olhos, pois acreditam que assim enxergam as coisas simples e é onde geralmente mora o lirismo. Roupas coloridas, equilibram na cabeça corações, baleias e árvores. Ás vezes tem o coração maior que sua própria figura.São alegres, engajadas, atentas, enamoradas, acham que tudo se resolve com um sorriso, com um abraço, com a força da amizade. Mas também não contam até três quando é necessário lutar pelo meio ambiente, pelos animais, pelo resgate da delicadeza. Possuem a alma das crianças e amam os passarinhos.Levam felicitações, bolos e abraços aos amigos em datas importantes. Por vezes ficam tristes, sofrem, choram e são inspiradoras
Assim são as Marias, se chegaram na minha vida devagarinho, chegaram para transformar definitivamente... Eu devia isso a elas, assim no dia 31 lançamento em Recife, em agosto em São Paulo em outubro em Criciúma
Muito obrigado ao Fernando Coelho, por me ceder o nome que é parte de uma das suas poesias sobre Marias.
Hoje eu vi o livro pronto e posso garantir que está uma formosura, embora eu seja completamente suspeita. rsrsrsrs 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

7 de janeiro dia do Leitor

Hoje é dia do leitor. E, nós independente dos livros somos leitores da vida, das relações humanas, da natureza. Recentemente desenvolvemos outra forma de leitura, a virtual. Quando ocorre a empatia, a aproximação, mesmo de longe aprendemos a ler o outro, a sentir... Descobrimos importâncias e desimportâncias. Descobrimos afetos, amor, amizade, admiração ou nos descobrimos tendo apenas a função de um acessório. Descobrimos, artimanhas, manobras, inveja, a maldade e a vaidade a toda prova. Em compensação descobrimos pares, e amizades que se materializam no real.Temos uma vida dois, igual a real, na tela do computador, e por isso dia a dia temos que desenvolver mais uma forma de leitura.
Amo esse texto do Mia Couto que fala sobre o leitor. No dia do leitor... Não Sabemos Ler o Mundo
Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sina…

Contém Maria

Estava indo tudo bem, até eu descobrir que as Marias ficariam encantadoras em caderninhos tipo Moleskine. Ganharam complementos, que extrapolam o tamanho do caderninho. Mas, esta é a intenção, ficar no espaço, ganhar asas e também deixar entrar o que chegar... Mas, e agora como guardar sem estragar, sem amassar? Simples, ganhou uma caixa. E assim, de simples em simples eu complico. Rsrsrs
Muito boa tarde!

Muito Bom DIa