Certezas rasas...




Algumas vezes na vida, temos que ter uma certa certeza. Digo lascas de certeza, pois certeza plena, nunca temos de nada, nem do minuto seguinte. E isso só é possível, dentro de uma clareira. Claros pontos, virgulas e algumas reticências, frente a frente, olhos nos olhos. Fora a isso ficamos só com possibilidades, vestígios, pegadas e esperança. Esperança que a todo momento é colocada a prova. Algumas vezes infladas, por um vestígio, outras vezes, quase invisível, por uma possibilidade recorrente.
A certeza rasa, dificulta a volta a si mesmo. Muda o jeito de sorrir... Passamos a acreditar no poder da taça de vinho à noite e da água com açúcar de dia. E quando percebemos estamos de olho no horóscopo do jornal do cobrador do ônibus...
Há de se ter, gostando ou não, muito peito para encarar... MC


Comentários

Postagens mais visitadas